Vander 1331 Deputado Federal

Cone Sul e Vale do Ivinhema debatem traçado da ferrovia em Naviraí

Viaduto da Ferroeste no Paraná entre Laranjeiras do Sul e Nova Laranjeiras (crédito: Clodoaldo/vidaDmaquinista)

Viaduto da Ferroeste no Paraná entre Laranjeiras do Sul e Nova Laranjeiras (crédito: Clodoaldo/vidaDmaquinista)

A pedido do vereador José Odair Gallo (PDT), a Câmara Municipal de Naviraí realiza hoje (1), a partir das 19h30, a audiência pública “Cone Sul nos trilhos do desenvolvimento – Ferrosul e Ferroeste” para discutir o traçado da ferrovia que ligará Maracaju (MS) a Cascavel (PR), com passagem dos trilhos por Naviraí.

Estão programadas palestras do superintendente de projetos da Valec, Bruno Roque de Oliveira, e do deputado federal Vander Loubet (PT-MS), um dos parlamentares mais empenhados na concretização do sonho da ferrovia no estado.

Gallo explicou que o objetivo da audiência é contar com o apoio popular da comunidade naviraiense para ter o traçado da ferrovia passando pela cidade. “Já temos o total apoio do PT de Naviraí, através do seu presidente Jair Alves, que em parceria conosco irá coordenar essa audiência”, ressaltou o vereador pedetista.

Para o deputado Vander, o apoio do município ao projeto é importante nessa fase. “O traçado está em estudo. Por isso a mobilização da classe política e empresarial, a demonstração da viabilidade econômica e o apoio da sociedade podem ser fatores decisivos para o convencimento de que o traçado deve passar por Naviraí”, afirmou o parlamentar federal.

Para o evento na Câmara Municipal foram convidados todos os deputados estaduais e federais, senadores, prefeitos e vereadores da região Cone Sul e Vale do Ivinhema.

Caso o traçado da Ferroeste seja feito em linha reta, a ferrovia no trecho Maracaju/Dourados/Mundo Novo até Cascavel passará pelo município de Iguatemi, distante cerca de 30 km de Naviraí. “Temos que convencer a Valec e o Governo Federal de que Naviraí reúne as melhores condições para ser instalado o entreposto de carga e descarga em Naviraí”, finalizou Gallo.

Valec

A Valec é uma empresa pública controlada pelo governo federal. Tem a atribuição de fazer o planejamento econômico e administrativo de engenharia ferroviária, decidir sobre a viabilidade dos projetos e ainda pode receber da União outros encargos para o incremento da malha ferroviária. O trecho em questão, debatido durante a audiência pública, vai integrar mais um estado ao núcleo de fomento à produção ao longo da Ferrovia da Integração Oeste (Ferroeste). De Dourados a Cascavel, o percurso é de 350 km e a ferrovia está incluída na planilha de prioridades do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Ferrosul: Ferroeste e Norte-Sul

Em 2009 os estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, integrantes do Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul), decidiram criar a Ferrovia da Integração do Sul S/A (Ferrosul), uma empresa pública com o objetivo de planejar, construir e operar ferrovias e sistemas logísticos nesses estados, interligando-as com a malha nacional a partir da Ferrovia Norte-Sul e da Estrada de Ferro Paraná Oeste S/A (Ferroeste).

Para tanto, a Ferrosul deve incorporar a Ferroeste, uma empresa ferroviária pública construída pelo Estado do Paraná. Com essa decisão a Ferroeste deixa de ser uma empresa paranaense, passando a ser uma empresa regional com participação da Valec.

(Éder Yanaguita/Assessoria, com informações do Sul News)